Nas primeiras semanas de aulas, os docentes de Educação Física do Colégio Indyu, Edward Martins, Rubem Ribeiro e o professor Marcílio Eduardo, promoveram Avaliação Biométrica entre os alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio. A atividade tem como objetivo acompanhar o crescimento, desenvolvimento motor e evolução dos alunos durante todo o processo escolar (dos 10 aos 18 anos) fornecendo informações detalhadas sobre padrões de saúde, desenvolvimento do aluno e orientações esportivas.

De acordo com o professor Edward Martins, “a avaliação Biométrica é fundamental para começarmos bem o nosso ano na Educação Física Escolar do Colégio Indyu. Ela é o ponta pé inicial das atividades físicas dentro da disciplina. A avaliação é capaz de revelar dados que nos auxiliam no ajuste da intensidade das atividades e também no acompanhamento do desenvolvimento dos educandos”, frisou.

O professor de Educação Física, Rubem Ribeiro, ressaltou como funciona e de que forma atende aos alunos para a realização da avaliação. “O departamento de educação física, juntamente com os professores Marcílio e Edward, promoveu uma avaliação do aluno para que tenhamos um histórico de sua saúde, se apresenta algum tipo de doença, se faz uso de algum medicamento controlado ou se já fez alguma cirurgia. Nessa atividade, estamos contando com uma técnica de Enfermagem para dar auxilio em alguns questionários da avaliação e, com isso, estamos aferindo a pressão arterial, medindo altura, peso, massa corporal e o teste de força abdominal do aluno”, concluiu.

A acadêmica do curso técnico de Enfermagem do Colégio Indyu, Larissa Martins, não só presenciou como também prestou alguns serviços para o auxílio da avalição. Ela destaca o quanto é importante a instituição se mostrar dedicada com a saúde do aluno. “É imprescindível a realização desse processo de avaliação física dos acadêmicos para que não haja nenhum incidente na hora de realizar as atividades físicas e não gerar nenhum transtorno durante ou futuramente sobre os exercícios”, afirmou.

Para a aluna do 8° ano, Maria Eduarda Cangussu, “esse exercício que os professores de educação física estão oferecendo é de suma importância,  uma vez que apresenta um interesse da parte do colégio em saber a disposição física e a saúde do aluno, tendo em vista que, alguns estudantes possuem dificuldades maiores que os outros”, concluiu.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *