Estudantes do 2º ano do Ensino Médio do Colégio Indyu participaram, no dia 04 de setembro, de palestra de abertura do V Seminário Multidisciplinar de Redação, evento que busca instigar os alunos na busca de novos saberes nas diferentes áreas do conhecimento.

O tema escolhido para a abertura teve como objetivo apresentar os direitos básicos constitucionais e, assim, desenvolver uma visão crítica sobre o atual contexto social.

No episódio, houve palestras com o professor e Doutor em Direito Internacional, Reinaldo Silva, sobre direitos humanos, direito internacional público e racismo; com a professora e advogada, Simone Araújo, sobre os 30 anos da Constituição Federal e sobre a desconstrução do machismo e perspectiva de gênero; e do egresso do Colégio Indyu e advogado, Marcelo Brito.

A docente organizadora, Fabiana Carneiro, falou sobre o objetivo do evento e sua importância em aprimorar a visão social e cidadã dos alunos por meio do contexto social. “O Seminário busca desenvolver habilidades para que os alunos aprimorem a sua visão, seleção e relação de argumentos para defender um ponto de vista solicitado pelo Enem. Esse evento, especificamente, é para alunos do 2º ano, em que eles elaboram os trabalhos para serem apresentados no Seminário, que acontece todos os anos em outubro. Logo após, estes serão apresentados para convidados de áreas específicas e professores das áreas de humanas. Então, o objetivo principal deste projeto é aprimorar a visão social e cidadã do estudante em meio ao seu contexto social”, destacou a docente.

Durante o evento, os palestrantes ressaltaram perspectivas dos 30 anos da Constituição Federal – 88 e a defesa das minorias. Para Reinaldo Silva, “a Constituição de 88 é um marco na história do Brasil, é o principal instrumento legal que nós, hoje, possuímos, mas, ao mesmo tempo, torna-se necessário discutir se aquilo que está na lei está realmente sendo cumprido e se existe, verdadeiramente, uma igualdade racial no Brasil. A ideia da palestra foi problematizar um pouco aquilo que está previsto em nosso texto constitucional e a realidade que temos no Brasil em relação às práticas racistas”, destacou.

Professora de Ciência Política e Direito, Simone falou sobre os direitos constitucionais na perspectiva de gênero. Segundo ela, “eu discuti a respeito de questões que ainda precisam ser analisadas frente à Constituição nesses 30 anos e dos avanços que precisam acontecer. Então, basicamente eu foquei em alguns direitos que estão na Constituição, mas que não são implementados, principalmente quando vemos na perspectiva das mulheres e da população LGBT”, frisou a palestrante.

Já Marcelo Brito, frisou sobre a importância da Constituição Federal. “A proposta foi trazer uma discussão sobre a Constituição Federal e mostrar para os alunos o quanto ela é importante para a vida deles e o quanto está presente na vida e cotidiano de cada um de nós. Além de falar o quanto ela é relevante na garantia de direitos. Então, eu e os outros profissionais tentamos trazer um pouco esta abordagem para mais próximo do aluno e despertá-los, já que estão próximos do Enem, para alguns temas que estão dentro da Constituição”, destacou.

No final do evento, estudantes puderam tirar dúvidas sobre os temas.  Para a estudante do 2º ano do Colégio, Sara Ramos, “as abordagens das palestras foram temas importantes e que contribuem muito para o nosso aprendizado, pois muitas de nossas ações são julgamentos e nós nem sabemos e, a partir das abordagens, tivemos conhecimento sobre diversos temas e nos preparamos melhor para vestibulares e, até mesmo, o Enem”, concluiu a estudante.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *